Translate this Page

Rating: 3.6/5 (5090 votos)




ONLINE
5




Partilhe este Site...



  

 

 

Creme dental Glister


 

VISITE NOSSO SITE:

Pixabay imagens gratuitas



OS ALIMENTOS CURAM!
OS ALIMENTOS CURAM!

Nestas páginas procuraremos mostrar os benefícos de vários alimentos. Mas queremos lembrar sempre que os alimentos são complementos alimentares, não sendo substitutos dos remédios que seu médico prescreve.

frutas

Outro fator a ser observado é que nem todos os alimentos farão o mesmo efeito nas pessoas, pois algumas podem desenvolver intolerância a alguns tipos de alimentos.

Assim, antes de comprar uma grande quantidade, experimente uma pequena porção e vá usando aos poucos, até perceber que estão sendo úteis para você.


 melancia

MELANCIA - Hoje em dia a pressão alta é um dos maiores problemas que os países desenvolvidos e em desenvolvimento enfrentam. E para combater a hipertensão, a maioria dos médicos começa receitando as famosas estatinas, com a intenção de baixar o colesterol. Aliás, isso já virou clichê: está com pressão alta? Então seu colesterol ruim está alto! E como as estatinas baixam o colesterol, a maioria dos médicos não pensa duas vezes em receitar essas drogas.
Se for para botar numa balança, as estatinas fazem muito mais mal do que bem! Ainda vou postar sobre os malefícios das estatinas. Isso é o problema, mas hoje, vou mostrar uma boa solução. Melancia! Quer coisa melhor que isso??
Em um estudo publicado no American Journal of Hypertension, os cientistas de alimentos na Universidade Estadual da Flórida descobriram que o consumo de seis gramas de L-citrulina, extraído da melancia em forma de extrato, por seis semanas, normalizou a pressão arterial de todos os nove adultos no estudo que estavam com pressão arterial alta.
Arturo Figuerosa, pesquisador líder do estudo, declarou: "Fomos os primeiros a documentar uma melhora na hemodinâmica da aorta nos pré-hipertensos, que receberam doses terapêuticas de melancia. Essas descobertas sugerem que esses alimentos, chamados de funcionais, têm um efeito vasodilatador e que impedem a pré-hipertensão de progredir para  uma hipertensão, que é um grande fator de risco para o infarto."

melancia

A melancia é uma grande fonte do aminoácido L-citrulina, que regula a pressão sanguínea. A L-citrulina uma vez que está em seu corpo, é convertida em um outro aminoácido, a famosa L-arginina. No entanto, tomar a L-arginina como suplemento dietético pode causar náuseas, problemas gastrointestinais e diarréia, especialmente entre os adultos que já sofrem de pressão arterial elevada.
Só que L-citrulina, quer em forma sintética ou natural, mesmo se convertendo em L-arginina, vai beneficiar os indivíduos com rigidez arterial e consequentemente, pressão elevada. Até aqueles com doenças crônicas, como diabetes tipo 2, vai se beneficar com a melancia, declara o Dr. Figueroa.

melancia E isso é apenas um dos muitos benefícios que a melancia pode lhe proporcionar. Primeiro, é a grande quantidade de água. Eu, realmente, não conheço fruta que tenha mais água do que a melancia. Fora isso, é uma excelente fonte de vitamina A, que é um antioxidante, que ajuda a manter a saúde ocular, vitamina C, que fortalece o sistema imunológico, cura ferida, previne danos celulares e ainda possui vitamina B6, que ajuda no funcionamento do cérebro e ajuda a converter proteínas em energia.

Os tomates têm sido muito anunciados como uma grande fonte de licopeno, um poderoso antioxidante, que ajuda a combater as doenças cardíacas e vários tipos de câncer, especialmente o da próstata. Só que a melancia tem MAIS LICOPENO QUE QUALQUER FRUTA OU OUTRO VEGETAL!
A melancia possui também abundância de tiamina, magnésio e potássio, que são vitais para a saúde. Assim, se os seus filhos, ou talvez você mesmo, estão relutantes em comer espinafre ou outros vegetais folhosos de cor verde escuro, porções de melancia seriam um substituto muito saudável, além de um complemento deliciosos!
Ela também ajuda na função dos músculos, dos nervos e mantém o eletrólito do corpo e o equilíbrio ácido base. . Também reduz o risco de câncer do cólon, asma, doenças cardíacas e artrite reumatóide. Ela também é excelente para a saúde DOS RINS, pois elas tanto podem lavar COMO ATÉ DISSOLVER ESSAS PEDRAS!

Um chá muito popular para combater pedra no rim é um chá feito com as sementes, mas o suco sozinho, em quantidade abundante, fará o mesmo efeito.

Um excelente modo para limpar o cólon e os dois rins, é ficar um dia inteiro consumindo apenas melancia, e mais nada. Mas novamente, alertamos para os perigos dos exageros. É SÓ UM DIA NA SEMANA! Não é para ficar dias e dias seguidos alimentando-se só com melancia. Aí, você estará é dando um tiro no próprio pé!

(Extraído do site: www.estoubeim.com).


 maçã

Gostei · Quinta-feira
A MAÇÃ
O ‘fruto proibido’ tem 8 boas razões para ser consumido como um Superalimento:

- Diminui o colesterol;
- Mantém você saciado;
- Ajuda a manter você magro;
- Previne problemas respiratórios;
- Combate resfriados;
- Pode combater câncer;
- Diminui o risco de diabetes;
- Melhora as funções cerebrais.
São vantagens para o seu emagrecimento ou uma vida mais saudável. Aproveite!

 graviola

CÂNCER TEM CURA - POR FAVOR LEIA E ESPALHE ....... OBRIGADO.
É 10.000 vezes mais forte do que a quimioterapia e não querem que nós saibamos, pois caso contrário, as grandes cadeias iria parar de VENDER MEDICAMENTOS !!!
O MAIS PODEROSO ANTI-CÂNCER DO PLANETA COMPARTILHEM...!
A graviola ou graviola árvore é um produto milagroso para matar as células cancerosas. É mais potente do que 10,000 quimioterapias.
Por que não está ciente disso? Porque há organizações interessadas em encontrar uma versão sintética, que lhes permite obter lucros fabulosos. Assim, a partir de agora você pode ajudar um amigo em necessidade, deixando-o saber que beber suco de graviola pode prevenir a doença. O seu sabor é agradável. E, claro, não produz os efeitos terríveis da quimioterapia. E se você tiver a chance de fazer, plantar uma árvore em seu quintal de graviola. Todas as partes são úteis.
A próxima vez que você quiser beber um suco, escolha o de graviola!!!
Quantas pessoas morrem enquanto este tem sido um segredo bem guardado para não por em risco os lucros multimilionários de grandes empresas? Como você bem sabe a gravioleira é baixa. Não ocupa muito espaço, é conhecido pelo nome de Graviola no Brasil, Guanabana em espanhol, e "Graviola" em Inglês.
O fruto é muito grande e sua polpa branca, doce, comida diretamente ou normalmente usado para fazer bebidas, sorvetes, doces etc... O interesse desta planta é devido a seus fortes efeitos anti-câncer.
E embora ele atribuída muito mais propriedades, o mais interessante é o efeito que produz sobre os tumores... Esta planta é um remédio para o câncer de todos os tipos. Alguns dizem que é muito útil em todas as variantes de cancro.
Considera-se também como um espectro de agente anti-microbiano largo contra infecções bacterianas e fúngicas, é eficaz contra parasitas internos e vermes, que regula a pressão sanguínea e combate o stress elevado, a depressão e distúrbios do sistema nervoso.
A fonte desta informação é fascinante: ela vem de um dos maiores fabricantes de medicamentos do mundo, que diz que depois de mais de 20 testes de laboratórios realizados desde 1970 extratos revelaram que: destrói as células malignas em 12 tipos cancros, incluindo o cólon, mama, próstata, pulmão, pâncreas entre outras ...
Os compostos desta árvore mostrou 10.000 vezes melhor ato na diminuição de células de cancro que o produto da adriamicina, um fármaco quimioterapêutico, tipicamente usado em todo o mundo.
E o que é ainda mais surpreendente: este tipo de terapia, com o extrato de graviola, só destrói células de câncer maligno e não afeta as células saudáveis.
Instituto de Ciências da Saúde, L.L.C. 819 N. Charles Street Baltimore, MD 1201.

farinha maracujá

Gostei · 16/4
farinha de maracuja Como Fazer Farinha de Maracujá
Você já sabe dos benefícios da farinha de maracujá e sabe que ela pode ajuda-la na luta contra a balança perdendo aqueles quilinhos que tanto incomodam. Além de outros benefícios para a saúde. Mas ao invez de comprar a farinha pronta que tal aprender a fazer a receita da farinha de maracujá em casa?
Assim você economiza um dinheirinho e ainda pode escolher as melhores frutas para fazer a sua própria farinha emagrecedora. Anote os ingredientes abaixo e desfrute dos ótimos resultados !
Receita da Farinha de maracujá –
Ingredientes:
6 maracujás
Modo de fazer:
1. Ponha as frutas de molho por 15 minutos em 1 litro de água com 1 colher (sopa) de água sanitária. Depois, lave-as em água corrente e retire as polpas.
2. Corte as cascas em tiras e leve ao forno médio por meia hora.
3. Após esfriar, bata no liquidificador até virar farinha. Peneire e guarde. Consuma em até três meses

— com Ana Isabel Afonso e Heloísa Helena Súnica.


gengibre

Gostei · 15/4
Anti-inflamatório Natural (ARTROSE,ARTRITE,COLUNA....)
Isso é realmente algo assustador!
Mas o Dr. Al Sears indica um analgésico que não tem efeitos colaterais.
E o mais interessante é que provavelmente você já tenha esse analgésico aí na sua casa ! Plante num vaso, no quintal ou no jardim.
Os pedaços de gengibre podem durar longo tempo fora ou dentro da geladeira.
Pasme, mas esse analgésico se chama GENGIBRE.
Isso mesmo! Gengibre.
Durante séculos o Gengibre tem sido usado em toda a Ásia para tratar dores nas articulações, resfriados e até mesmo indigestão.
O Gengibre cru ou cozido pode ser um analgésico eficaz, mesmo para condições inflamatórias como a osteoartrite. Isso porque a inflamação é a causa raiz de todos os tipos de problemas como artrite, dor nas costas, dores musculares, etc.
Ele contém 12 compostos diferentes que combate a inflamação. Um desses compostos abaixa os receptores da dor e atua nas terminações nervosas. Juntos, eles trabalham quase o mesmo que as drogas anti-inflamatórias, tais como o ibuprofeno e a aspirina, mas sem os efeitos colaterais.
Assim, se a sua intenção é eliminar esses analgésicos, passe a consumir o Gengibre.
Segue algumas dicas para você ter uma boa dose diária de gengibre:
Isso vai estimular a circulação sanguínea e aliviar dores nas articulações.
Beber chá de gengibre: É barato. É muito fácil. O gosto é ótimo. E cura
Aqui está uma receita usada pelo Dr. Al Sears:
* Quatro copos de água;
* Um pedaço de aproximadamente 5 cm de Gengibre descascado e cortado em fatias; * Limão e mel a gosto. Se preferir, use laranja no lugar do limão. Fica ótimo!
Procedimento:
Ferva a água numa panela com fogo alto. Assim que começar a fervura adicione as fatias de Gengibre, deixe em fogo baixo, cubra a panela para que os vapores não saiam e deixe fervendo por aproximadamente 15 minutos. O chá está pronto! Basta coar, e adicionar o mel com o limão ou laranja.
Fonte:http://riodasostrasinfocus.blogspot.com.br/2013/03/gengibre-anti-inflamatorio-natural-para.html

— com Regina Maximina, Bia Regino, Lua Luar Luar, Raquel Barbosa, Rosangela Pereira, Graaca Novelli, Fernanda Paula e Joao Bento Moraes.


pimentão

Gostei · 15/4
Dores Nas Pernas e Nos Braços
Pegue 2 pimentões, retire o miolo, onde estão as sementes.
Fatie este miolo em pedaços bem pequenos.
Leve ao fogo estes pedaços com ½ litro de água.
Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe ferver por 10 minutos.
Desligue, abafe até amornar.
Coe e massageie com este líquido os braços e as pernas doloridas, assim ativa a circulação de retorno e melhora as dores.
Faça quando necessário.

 

 

 SUA MAJESTADE, A LINHAÇA!

Aqui vão informações preciosas sobre a linhaça, tanto moída, como em forma de óleo.

Como usuário dela à mais de 2 anos, posso atestar seus grandes benefícios. Atualmente, minha esposa, que durante muito tempo não se interessou por seu uso, agora, depois de 4 meses de uso, não a dispensa mais. Perdeu mais de 9 kg. em 3 meses, além de sentir uma sensível melhora na disposição geral.

Pelas matérias que vocês lerão a seguir, o ideal é usar a linhaça em cápsula, uma vez por dia e, se possível, usar a semente triturada no liquidificador. O excedente deve ser guardado no refrigerador, de preferência em recipiente escuro, pois a luz altera bastante as suas propriedades.

E mais uma vez queremos lembrar que ela é um complemento alimentar, não sendo, de forma nenhuma, substituto dos medicamentos prescritos por seu médico.

 gif

Propriedades medicinais da linhaça

 Cientistas canadenses e norte-americanos têm enfocado um rol de propriedades medicinais da semente da linhaça moída que auxiliam na prevenção e cura de numerosas doenças degenerativas. As investigações e as experiências clínicas têm demonstrado que o consumo em forma regular de semente de linhaça previne as seguintes doenças: - o câncer de mama, de próstata, de cólon, de pulmão, pois a semente contém 27 componentes anticancerígenos, entre eles a LIGNINA, evitando assim a formação de tumores; - o diabetes, porque o seu consumo regular favorece o controle dos níveis de açúcar no sangue; - previnem os divertículos nas paredes do intestino, a prisão de ventre e a acidez estomacal, porque lubrifica e regenera a flora intestinal, eliminando toxinas e gases gástricos. É um laxante por excelência, pois contém mais fibras dietéticas solúveis e insolúveis que a maioria dos grãos; - diminui as condições inflamatórias de doenças, tais como a artrite, colite, amidalite, gastrite e hepatite; - combate o LUPUS, a anemia e alivia alergias, tendo em vista que a semente contém os azeites essenciais Omega 3, 6 e 9, além de um grande conteúdo de nutrientes necessários para que o organismo fique sadio e resistente; e - a diminuição da tensão nervosa, ideal para as pessoas que trabalham sob estresse, contribuindo no tratamento da pressão nervosa, proporcionando uma sensação de calma. A linhaça também energiza o cérebro, porque contém nutrientes que estimulam neurotransmissores, melhorando as funções mentais dos idosos.  Auxilia no tratamento do sistema cardiovascular, pois combate a arteriosclerose, eliminando o colesterol aderido nas artérias, a esclerose múltipla, a trombose coronária, a alta pressão arterial, a arritmia cardíaca, e incrementa as plaquetas na prevenção da formação de coágulos sanguíneos.

linhaça

Observa-se, assim, que a linhaça regula o colesterol ruim, diminuindo o risco de padecer de doenças cardiovasculares. - O consumo regular de linhaça ajuda a função renal, atuando contra a retenção de água (EDEMA) que provoca a inflamação dos tornozelos, algumas formas de obesidade, a síndrome pré-menstrual, todas as etapas do câncer e as doenças cardiovasculares.  Ao consumi-la regularmente, você notará como sua pele ficará mais suave. É útil para a pele seca e pele sensível aos raios do sol. Ajuda no tratamento de problemas de pele, tais como: psoriase e eczema. Recomenda-se, também, como máscara facial para limpeza profunda da pele e auxilia na eliminação do pano branco, manchas, acne, espinhas, etc. Também é útil no tratamento da caspa e perda de cabelo.

Fonte: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/alternative-medicine/1739512-propriedades-medicinais-da-linha%C3%A7a/#ixzz1q4tr9uNk

 

INSTITUTO MINEIRO DE ENDOCRINOLOGIA

 Setor de Nutrição


Linhaça: benefícios do óleo e da semente

Nut. Caroline Fernandes
Nut. Renata Rodrigues

Setor de Nutrição do Instituto Mineiro de Endocrinologia
O que é a linhaça?
A linhaça é a semente do linho. É usada há mais de 5000 anos e hoje é considerada um alimento funcional devido aos seus conhecidos benefícios para a saúde. Dela se extrai um óleo de grande valor nutricional e na prevenção de doenças.

Quais são os benefícios da linhaça?
A linhaça é rica em ácidos graxos essenciais, mais conhecidos como ômega 3 e ômega 6. Estes ácidos graxos auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares reduzindo o LDL (colesterol ruim) e impedindo seu acúmulo nas artérias. Na composição da semente de linhaça também estão presentes proteínas, fibras, vitaminas e minerais, que lhe conferem a propriedade de alimento funcional. Por isso, auxilia na prevenção de alguns tipos de câncer; melhora o funcionamento intestinal, contribui para a estabilidade da glicemia em diabéticos e possui propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento celular.

linhaça

Qual a melhor forma para ingerir a semente de linhaça?
A semente de linhaça moída traz mais benefícios nutricionais que a semente inteira, que possui uma casca resistente, difícil de digerir. Portanto, uma forma fácil de quebrar as sementes é passá-las em um processador ou liquidificador usando apenas a tecla pulsar para que não vire pó e perca as funções de fibra. Depois, guarde-as em refrigerador, fora da luz. Desta forma, a utilização será ainda melhor. As sementes podem ser utilizadas em iogurtes, saladas, sucos, vitaminas, misturada à cereais, massas de pães e bolos e em todos os outros alimentos. As sementes também podem substituir o óleo ou gordura utilizada em uma receita. Por exemplo, se uma receita pedir 1/3 xícara (chá) de óleo, use 1 colher (sopa) de semente de linhaça moída, em substituição.

Existem diferenças entre a semente de linhaça marrom e a dourada?
Do ponto de vista nutricional, elas são semelhantes pois possuem os mesmos nutrientes. Porém, a linhaça marrom é cultivada em regiões de clima quente e úmido (o que frequentemente exige o uso de agrotóxicos) e possui uma casca mais resistente. A semente dourada é plantada em regiões frias, cultivada de forma orgânica e seu sabor geralmente é mais suave do que o da marrom.

O que é óleo de linhaça?
O óleo de linhaça é extraído da semente inteira, usando métodos de extração a frio, desenvolvidos especialmente para este fim. O produto obtido pode ser comercializado de duas formas: engarrafado, para ser usado em saladas ou pratos frios ou em cápsulas gelatinosas, utilizadas como suplementação de ômega 3. É importante ressaltar que algumas propriedades funcionais da linhaça são encontradas na casca e, portanto, não estão presentes quando somente o óleo é ingerido.

Qual a quantidade de linhaça deve ser ingerida por dia para se obter seus benefícios?
Ainda não existe um consenso sobre a quantidade ideal de consumo. Na maioria dos estudos existentes, os benefícios foram alcançados com a ingestão média de uma a duas colheres (sopa) de semente de linhaça ao dia. Deve-se evitar o consumo excessivo devido ao seu conteúdo calórico (cada colher de sopa tem aproximadamente 66 calorias) e pelo risco de interferir na absorção de outros nutrientes. Para facilitar a adaptação e digestão, recomenda-se que a inclusão da linhaça na alimentação diária seja gradativa.

http://www.endocrinologia.com.br/html/linhaca.htm.

 Emagreça com a cápsula de óleo da linhaça

 Famosa por ajudar a secar medidas, a linhaça costuma ser ingerida em forma de farinha ou semente - sempre misturada a algum alimento ou bebida. Mas há alternativa mais prática: a cápsula de óleo de linhaça.
Além de preservar parte das propriedades nutricionais da semente, o óleo tem maior quantidade disponível de ômegas, gorduras essenciais ao corpo e fundamentais no processo de emagrecimento. "Aliar a cápsula a uma dieta equilibrada faz perder até 5 kg por mês", diz a nutricionista Carolina Chuichmam dos Anjos.

linhaça

Por que a cápsula ajudará você a secar?

O segredo está em dois ácidos graxos não produzidos pelo organismo, mas que são essenciais para a nossa saúde. São os chamados ômega 3 e ômega 6.
1. Diminui o acúmulo de gordura
O ômega 3 é capaz de combater processos inflamatórios, como o acúmulo de gordura. "Ele atua dentro do adipócito (célula de gordura), diminuindo a inflamação", explica a nutricionista Stefania Valente da Silva.
2. Faz o intestino funcionar bem
"Assim como qualquer tipo de óleo, é capaz de emulsificar o bolo fecal, facilitando a sua eliminação", explica Stefania.
3. Promove a saciedade
O óleo é um tipo de gordura. Alimentos com essa classificação demoram para ser digeridos, impedindo que tenhamos fome pouco tempo depois das refeições.

4. Facilita a queima de gordura
O ômega 6 existente em sua composição faz com que o organismo deixe a gordura mais "disponível" que os carboidratos para ser usada como fonte de energia.

linhaça

 5. Acelera o metabolismo
O alimento tem ação termogênica. "Ele eleva a temperatura corporal", diz a nutricionista Vivian Goldberger. Para compensar esse efeito e baixar nossa temperatura interna, o organismo gasta mais energia, ou seja, queima calorias.
6. Evita picos de fome
O ômega 3 melhora a ação da insulina, hormônio responsável pela quantidade de açúcar no sangue. "Desse modo, são evitados picos seguidos de quedas bruscas das taxas hormonais, desequilíbrios que culminam no aumento da fome", explica a nutricionista Flávia Figueiredo.

Mais benefícios!

- Previne o colesterol e doenças cardiovasculares
O ômega 3 diminui a inflamação nas artérias, prevenindo doenças como a aterosclerose (formação de placas nos vasos). "Ele reduz ainda o LDL (colesterol ruim) e aumenta o HDL (colesterol bom)", explica a Flávia.
- Melhora a saúde da pele
Graças às propriedades antioxidantes, o óleo de linhaça previne o envelhecimento precoce da pele. "Além disso, ele diminui a formação de moléculas responsáveis por alguns tipos de inflamação da pele, como a acne", diz Carolina. 

 http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas/emagreca-capsula-oleo-linhaca-586863.shtml.

 A semente de linhaça se destaca como sendo um alimento funcional, já que apresenta alguns nutrientes específicos que podem trazer diversos benefícios à saúde.

ORIGEM
O nome científico da linhaça é (Linum usitatissimum L.). De origem asiática, a semente de linhaça pertence a família das Lináceas e é obtida a partir do linho, uma das plantas mais antigas da história. Apesar do consumo da linhaça ser relativamente novo na atualidade, esta é uma das sementes oleaginosas mais tradicionais de todos os tempos. É cultivada na Babilônia, Mesopotâmia e Egito há aproximadamente 7.000 anos. (Credido, 2005).

CARACTERÍSTICAS
Se trata de uma planta anual, pertencente a família das Lináceas, caracterizada por apresentar una altura entre 30 e 130 cm, talos eretos, folhas estreitas, alternando entre, verde e verde-claro, lineares o lanceoladas, com três nervuras, podendo chegar a medir até 5 cm de largura. As flores podem apresentar cores variadas.

PLANTIO
O plantio ocorre nos meses de maio e junho e a colheita se dá nos meses de novembro, dezembro e janeiro, principalmente no Rio Grande do Sul.

 linhaça

PRODUÇÃO
A produção mundial se encontra entre 2.300.000 e 2.500.000 toneladas anuais, sendo o Canadá o principal produtor. Na América do Sul, o maior produtor é a Argentina, com cerca de 80 mil toneladas por ano, e o Brasil produz 21 mil toneladas por ano. (Aceites & Graxas, 2000).

 

UTILIZAÇÃO
Da Linhaça pode-se fazer vários usos. Do caule são retiradas as fibras para tecer o Linho, tecido nobre e muito valorizado no mercado. Das sementes extraí-se o óleo, que é utilizado nas indústrias de tintas e resinas. As sementes são utilizadas ainda como complemento alimentar, como por exemplo adicionadas em pães, bolos e biscoitos ou ainda misturada crua aos cereais, proporcionando o equilíbrio nos hormônios femininos e reforçando as defesas do corpo.

Na sua composição encontra-se cerca de 60% de Ácidos Graxos ou Ácidos Linolênicos, mais conhecidos atualmente como Ômega-3, tornando assim a Linhaça o alimento mais rico em ômega-3, capaz de regular níveis de colesterol, açúcar no sangue, diminuir índices de inflamações e provocar a renovação celular.
As sementes de linhaça são usadas como matéria-prima para produção de Óleo e Farelo. Não faça confusão com óleo de linhaça comestível extraído à frio e os óleos destinados à pintura que são tóxicos.

 http://www.ruralsementes.com.br/default.asp?tipo=1&secao=linhaca.asp


  Óleo de Coco

O óleo de coco extra virgem surge como um novo suplemento alimentar no combate ao sobrepeso e à obesidade.

coco

 Dentre os benefícios causados pela ingestão deste alimento estão: redução de peso, redução de gordura abdominal, da glicemia, do LDL-colesterol e dos triglicerídios. Além disso, aumenta o HDL-colesterol (bom colesterol) e aumenta a saciedade.

 O consumo do óleo de coco extra virgem faz parte da cultura alimentar de países como a Malásia, Tailândia e Filipinas e, a partir daí, se espalhou pelo mundo ocidental, chegando ao Brasil.

 É extraído da polpa do coco e suas propriedades benéficas são atribuídas à sua composição química - rico em ácidos graxos de cadeia média (AGCM) – 70 a 85%, pouca quantidade de ácidos graxos de cadeia longa (AGCL), além de vitamina E, ômega 6 e 9. É um produto 100% natural.

 Pesquisas desenvolvidas em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e na Universidade de Brasília (UNB), trouxeram resultados muito positivos em relação aos benefícios do óleo do coco extra virgem para melhoria da qualidade de vida e na prevenção das doenças cardiovasculares.

 A pesquisa da UFRJ foi realizada pelas nutricionistas Christine Vogel, Eliane Rosado e Márcia Soares com 30 homens, com a suplementação de 1 colher de sopa por dia de óleo de coco extra virgem no cardápio destes voluntários. Este estudo mostrou resultados positivos com o aumento do HDL – o colesterol bom, redução dos níveis de glicose e da resistência à insulina. O aumento do HDL protege a pessoa contra doenças cardiovasculares. “Ele funciona fazendo uma espécie de limpeza da gordura no sangue”, explica a nutricionista Christine Erika Vogel.

 Os AGCM presenteS no óleo de coco extra virgem promove uma rápida absorção deste alimento pelo intestino, chegando à circulação sanguínea e ao fígado de forma mais rápida, com isso produz energia rapidamente. “Quanto mais energia a gente produz de forma rápida, mais o nosso cérebro entende que chegou a hora de parar de comer”, explica a nutricionista Christine Vogel, da UFRJ.

 coco

Além disso, o óleo de coco extra virgem é considerado termogênico, ou seja, aumenta o calor corporal e, com isso, o seu organismo queima gorduras com mais facilidade.

Benefícios da ingestão do óleo de coco extravirgem:

  • Emagrecimento
  • Aumenta a saciedade
  • Aumenta HDL-colesterol
  • Redução da gordura abdominal
  • Redução da glicemia
  • Redução do LDL-colesterol
  • Redução de triglicerídios.

 Recomendações

  1. Prefira o óleo de coco extra virgem
  2. Consuma entre 1 a 3 colheres de sopa por dia.
  3. Adicione em saladas, sopas, refogados, frutas, iogurtes, vitaminas, shakes
  4. Substitua a manteiga e margarina pelo óleo de coco extra virgem em bolos, tortas e no pão.

 FICA A DICA!

Cada colher de sopa de óleo de coco extra virgem possui cerca de 120 calorias e o exagero pode trazer quilinhos a mais na balança.

 Opções do óleo de coco no mercado

  • Sachês de 15mL (equivalente a 1 colher de sopa)
  • Potes de vidro de 200 e 500 mL
  • Cápsulas gelatinosas

 Fonte: http://waniamonteiro.com.br/oleo-de-coco/

 O óleo de coco está na moda por um simples motivo: ele ajuda a emagrecer!  Em uma pesquisa realizada na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, o óleo de coco foi adicionado às refeições dos participantes. Eles não só apresentaram uma perda significativa de peso, como perderam sete vezes mais a gordura da barriga do que os outros!

coco

 Segundo a nutricionista Daniela Jobst, do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, a gordura contida no óleo de coco retarda o esvaziamento gástrico, aumentando a saciedade e diminuindo a fome. "Ele é fonte de TCM (triglicerídeos de cadeia média), uma gordura de fácil absorção que produz energia rapidamente. Por isso não chega a ficar estocada no organismo", explica a especialista.
E os benefícios não param por aí. O óleo de coco diminui a produção de insulina (hormônio que controla a liberação de energia), é termogênico (acelera a queima de gordura) e é um poderoso antioxidante. "O sobrepeso também é um acúmulo de radicais livres pelo organismo", diz Daniela.

 De acordo com Flavia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde (SP), o óleo de coco é também rico em ácido láurico, um tipo de gordura de ação antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiprotozoária.

 Gostou da ideia? Então a sugestão é simples! Utilize o óleo de coco para cozinhar, como substituto das gorduras convencionais, ou tome duas colheres de sopa em jejum. O sabor dele é agradável, por isso, pode usar para passar no pão, temperar saladas, etc.

Fonte: http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta-de-emergencia/oleo-de-coco-ajuda-a-emagrecer-e-a-perder-a-gordura-da-barriga/1530.

  Óleo de coco virgem pode reduzir circunferência abdominal

 Por Renata Demôro

 O óleo de coco é uma das substâncias mais comentadas do momento. Recentemente, pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, adicionaram o óleo de coco virgem a bolinhos, consumidos por voluntários.O estudo mostrou que aqueles que ingeriram os bolinhos emagreceram além do esperado. Na região do abdômen, a perda de centímetros foi sete vezes maior, quando comparada ao grupo que não incluiu o óleo de coco na rotina alimentar.
A nutricionista Adriana Castro, da clínica Club Corpus, explica que “a gordura de coco é capaz de gerar calor e queimar calorias, favorecendo a perda de peso”. O médico Guilherme Giorelli, membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) lembra que “o óleo também é indicado para diminuir os triglicérides e o mau colesterol (LDL), aumentar o bom colesterol (HDL) e por sua característica antiinflamatória”.
A seguir, confira as dicas dos dois especialistas para consumir o óleo de coco:

 Quantidade ideal

 Para quem deseja emagrecer, a nutricionista Adriana Castro aconselha a ingestão de até quatro colheres de sopa por dia. “Essa quantidade diminui o apetite e favorece a perda de peso, já que eleva o gasto energético do organismo. Quem segue dietas com restrição de gorduras deve começar com uma dose de meia colher de sopa ao dia e aumentar o consumo gradualmente”, pondera. Ela reforça que o óleo de coco não é um medicamento e, sim, um alimento complementar. Sendo assim, é preciso consumi-lo todos os dias para perceber os benefícios.

 coco

Combinação com outros alimentos

Segundo Adriana, “o óleo de coco virgem tem sabor agradável e pode ser consumido puro. Ele também não altera o sabor de outros alimentos, o que permite usá-lo em substituição ao óleo de soja ou canola, e ainda misturá-lo em sucos e vitaminas, como tempero para saladas ou na receita de bolos e doces”. O nutrólogo Guilherme Giorelli completa: “Nas refeições ricas em carboidrato, o óleo de coco virgem pode diminuir o índice glicêmico da refeição, deixando o prato mais saudável”.

Óleo de coco X óleo de coco virgem

É importante ressaltar que os benefícios estão no óleo de coco virgem. “O óleo de coco é dividido em duas categorias: refinado e virgem. A versão refinada é obtida a partir do coco seco (sem umidade), chamado de copra, e não mantém suas propriedades benéficas. O óleo de coco virgem é obtido, por processos físicos, a partir de cocos frescos (de casca marrom) e úmidos. O alimento passa pelas etapas de prensagem e filtração, preservando seus fitoquímicos naturais”, diz Adriana Castro. A nutricionista informa que o óleo virgem pode ser preparado em casa.

coco

 Demais indicações

 De acordo com Adriana, o óleo de coco virgem é capaz de prevenir certas doenças. “De todas as gorduras vegetais, a de coco apresenta a maior concentração de ácido láurico - mesmo ácido graxo presente no leite materno. O óleo de coco virgem melhora a absorção dos nutrientes, elevando todas as defesas do organismo. Ele também age na prevenção e no combate de fungos, como a cândida, e parasitas, como a giárdia”, complementa. A nutricionista diz que o óleo também regula a função intestinal, combate a fadiga crônica e a fibromialgia e ajuda no controle da diabetes, já que não estimula a liberação de insulina.  

  Como fazer óleo de coco em casa:

 Você vai precisar de:
- Dois cocos de casca marrom maduros, com muita água

- Três xícaras da água dos cocos
- Pano (filó ou fralda) para filtrar
- Jarra de vidro ou plástico
- Vidro de boca larga com tampa
- Liquidificador
- Garrafa PET limpa (de água mineral)
Receita:
- No liquidificador, junte três xícaras de água do coco e a polpa de dois cocos picados (Só a parte branca).
- Bata por dois ou três minutos no liquidificador, até obter um creme liso. Se ficar muito denso, complete com água filtrada até alcançar uma consistência fina e uniforme.
- Use o tecido para espremer o creme, retirando todo o leite do coco. O bagaço pode ser congelado e reservado para compor receitas de bolos e doces. O leite deve ser transferido para uma jarra de vidro ou plástico. Cubra-a e deixe descansar por 48 horas em local escuro.
- Após 48 horas, transfira o líquido para uma garrafa PET (de água mineral) e deixe em local sombreado, com temperatura em torno de 25ºC.
- Em seis a oito horas, o óleo vai se separar do leite. Ponha a garrafa na geladeira por três horas. O óleo vai se solidificar. Deite a garrafa e corte o mais rente possível da linha do óleo, facilitando sua retirada.
- Coloque o óleo solidificado em um vidro de boca larga, com tampa.
Quando olhado contra a luz, o óleo vai ter uma coloração amarelada, que é o tom natural do óleo virgem de coco. O produto ficará líquido em temperaturas acima de 27ºC. Ele não necessita de refrigeração e tem duração de dois anos.
Contato: Adriana Castro (nutricionista)
Telefones: (21) 3495-4359/ (21) 3495-4359   

  Fonte: http://gnt.globo.com/receitas/Oleo-de-coco-virgem--nutricionista-ensina-a-fazer-em-casa.shtml

Para reduzir as rugas, o óleo de coco ajuda das seguintes maneiras:

 O óleo de coco tem propriedades emolientes, que podem ajudar a suavizar a pele e diminuir as rugas.

  • Esfregando de óleo de coco na pele pode se livrar da pele seca, devido ao efeito hidratante da mesma.
  • Os anti-oxidantes encontrados no óleo de coco pode aniquilar os radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento. Além disso, ele impede a formação de radicais livres.
  • Reduz os danos causados pela exposição ao sol em demasia.
  • Os ácidos graxos presentes no óleo anti-séptico de coco impede a proliferação de bactérias e fungos.
  • Ele mantém a elasticidade da pele.
  • Livra a camada exterior das células mortas.
  • Além disso, ele ajuda na matar bactérias, fungos e parasitas diversos.

 Como aplicar o óleo de coco para eliminar rugas?

 Primeiro, lave as mãos e o rosto corretamente com uma limpeza suave e seque com uma toalha macia.

  • Nas áreas propensas a rugas, massageie óleo de coco na hora de dormir. Você pode massageá-lo diretamente ou usar bola de algodão para massagem por imersão a óleo.
  • Aplique o óleo de coco com movimento para cima e para fora e repita os passos 2-3 vezes para cada lado do seu rosto.

  coco

O óleo de coco também é útil na cura da acne, feridas, eczemas, queimaduras e inflamações da pele além de melhorar a aparência da mesma. Além de proteger a pele fique seca e escamosa, pode melhorar a aparência. O óleo de coco é considerado como um dos melhores óleos de massagem. Alguns óleos minerais podem causar efeitos colaterais, mas o óleo de coco é indicado para ser completamente seguro para uso em massagens. Atualmente, muitos tipos de óleo de coco estão disponíveis no mercado, mas o óleo de coco virgem é melhor para a pele.

Muitos produtos para o cuidado da pele, como sabonetes, loções, cremes, etc contêm o óleo de coco como um dos ingredientes principais. O óleo de coco também é utilizado no tratamento de alguns problemas de pele, como eczema e psoríase. Junto com o cuidado da pele, o óleo de coco também é utilizado para tratamento do cabelo. Para conseguir uma pele jovem e saudável, você pode adotar a prática de usar óleo de coco.

 Fonte: http://healthytalks.org/pt-pt/saude/4462/como-usar-o-oleo-de-coco-para-rugas.

 

 

 

 

 

 

 

topo